Amamentação em livre demanda

Entenda por que é importante a amamentação em livre demanda!

Os bebês vivem por aproximadamente 9 meses dentro do útero materno. Lá recebem alimento diariamente pelo cordão umbilical o dia todo, sem hora marcada. De repente, ao chegarem ao mundo aqui fora, querem estabelecer horários e por quanto tempo receberão alimento?! Um pouco contraditório, não acham?! Daí a importância da amamentação em livre demanda.

Livre demanda na amamentação nada mais é do que oferecer o peito sempre que o bebê quiser durante o tempo que ele quiser. Isso é importante, pois seu estômago é bem pequenininho, e o leite materno muito fácil de ser digerido. Assim, os bebês irão extrair pequenas quantidades de leite que serão suficientes para satisfazê-lo. Esse leite será rapidamente digerido e logo eles irão querer mamar mais (mais sobre o assunto aqui).

Além disso, devemos considerar que cada bebê tem seu ritmo de sucção. Alguns conseguem retirar a quantidade adequada de leite para se satisfazer rapidamente, outros irão demorar um pouco mais. Existem bebês que mamam no intervalo de 2 horas e bebês que mamam a cada 40 minutos. Se estiver tudo bem com a amamentação, todos dois estão normais! Portanto, não é correto estabelecer um tempo para a amamentação. Amamentação e relógio não combinam!

Devemos considerar também a livre demanda da mãe. Quando essa sentir que o peito está cheio demais, deverá oferecer a seu filho. Mesmo que ele não esteja com fome, é necessário esvaziar a mama para evitar que fique cheia demais. Isso poderá causar desconforto, dor, ingurgitamento e mastite.

O que determina a quantidade de leite que a mãe irá produzir é o tanto que o bebê suga. O corpo materno produz exatamente aquilo que seu filho demanda. Mais um motivo para manter a livre demanda. Assim o organismo da mãe produzirá exatamente a quantidade que o bebê precisa, adequando-se às suas necessidades.

Por fim, lembramos que o bebê não suga o peito somente para amamentar. Ele tem a necessidade da sucção não nutritiva, de sentir o aconchego da mãe e a segurança deste contato. Então muitas vezes essa demanda de sugar o seio pode ser porque quer um momento de afeto. (Leia mais sobre isso aqui).

Lembramos que nenhuma dica que damos aqui substitui uma avaliação com um profissional capacitado. Em caso de dúvidas em relação a amamentação, entre em contato com a gente!

Deixe um comentario