Medicamento para aumentar a produção de leite

Devo tomar algum medicamento para aumentar a produção de leite?

Muitas vezes as mães nos procuram com a queixa de que tem pouco leite para seu filho. Mas antes de pensarmos em alternativas para aumentar a produção, vamos refletir um pouco sobre isso. O te leva a crer que a produção está baixa?

Na grande maioria das vezes as mães têm uma percepção errônea de sua produção, influenciada pela insegurança em relação a sua capacidade de nutrir seu bebê, pelo desconhecimento do comportamento do recém nascido (que quer mamar com freqüência) e por opiniões negativas e destrutivas de pessoas próximas sem conhecimento.

As causas de real insuficiência na produção do leite materno são o uso de medicamentos que inibem a produção, cirurgia mamária redutora e em casos mais raros, distúrbios na produção dos hormônios envolvidos na lactação (que pode estar relacionado a fatores emocionais, como por exemplo o baby blues ou depressão pós parto) ou pouco tecido mamário. Observe que em nenhum desses casos o uso de medicamento será a solução.

O que garante uma boa produção de leite são o posicionamento e pega correta do bebê, a livre demanda (mamadas curtas e/ou infreqüentes fazem o organismo da mãe achar que não precisa produzir mais leite) e mamãe e bebê tranqüilos e confiantes. O uso de bicos artificiais (inclusive intermediários de silicone) e complemento com fórmulas infantis também terão influência negativa na produção.

Não existe comprovação científica de nenhum medicamento para aumentar a produção de leite. Além disso, essa prática pode ser danosa para você e seu filho. Portanto, se algum profissional prescrever algum medicamento para aumentar sua produção, questione! O que vai garantir de fato a produção adequada é o manejo correto da amamentação. A baixa produção não é uma doença que precisa ser medicada para ser tratada. Lembre-se que nem sempre o choro é sinal de fome! Em caso de dúvidas, procure um profissional especializado para te ajudar. Estamos à disposição!

Deixe um comentario