Principais benefícios da amamentação

A Organização Mundial de Saúde preconiza que o aleitamento materno ocorra de forma exclusiva até os 6 meses. A partir desta idade a criança deve receber alimentos complementares (frutas, verduras, legumes etc), mantendo o leite materno pelo menos até os dois anos. Além dos benefícios da amamentação para a mãe e o bebê, dados da OMS mostram que o aumento das taxas de aleitamento pode salvar 800.000 crianças e promover uma economia de 300 bilhões de dólares a cada ano. Mas por que é tão importante? Vamos enumerar aqui os motivos principais:

 

Benefícios da amamentação

Os principais benefícios da amamentação

  • Evita mortes infantis: estima-se que o aleitamento materno pode evitar 13% das mortes de crianças de até 5 anos, e esse número aumenta quanto menor a criança for. Isso ocorre graças aos fatores de proteção contra infecções que o leite materno possui. Não existe outra estratégia que diminua os índices de morte infantil melhor do que promover a amamentação exclusiva até o sexto mês e complementar até os dois anos.
  • Evita diarréia: além de reduzir o risco de diarréia, a amamentação também influencia na gravidade desta doença. Bebês que não amamentam tem três vezes mais chance de desidratarem e morrerem quando tem diarréia. Vale ressaltar que este fator de proteção perde forças quando a amamentação não é exclusiva até os 6 meses.
  • Evita infecção respiratória: a amamentação reduz o número de internações por pneumonia e bronquiolite, além de prevenir otites. Assim como na diarréia, a amamentação também diminui a gravidade dos episódios de infecções, e tem o fator de proteção aumentado quando a amamentação é exclusiva até o sexto mês.
  • Diminuição do risco de alergias: a ingestão do leite materno está associado a menor risco de alergia à leite de vaca futuramente, dermatite atópica, asma, sibilos recorrentes (chiado) entre outras.
  • Diminui o risco de colesterol alto, hipertensão e diabetes: não só o bebê, mas a mulher que amamenta apresenta redução de 15% de chance de diabetes tipo II para cada ano de amamentação. A exposição precoce ao leite de vaca (antes dos 4 meses) aumenta em 50% a chance de desenvolvimento da doença.
  • Reduz a chance de obesidade: Indivíduos que amamentam apresentam 22% menos chance de apresentar obesidade/ sobrepeso. Esse número aumenta quanto maior for o tempo de amamentação.
  • Melhor nutrição: o leite materno é o alimento completo para o bebê até os seis meses. Ele possui todas as substâncias e o suporte hídrico que ele precisa, além de nutrientes importantes. Além disso, é o mais fácil de ser digerido. Não existe leite fraco!
  • Efeito na inteligência: talvez um dos mais desconhecidos benefícios da amamentação. Por isso escrevemos um post inteiro sobre ele. Leia aqui!
  • Melhor desenvolvimento da cavidade oral: o exercício que o bebê faz para extrair o leite da mama, é o ideal para promover o posicionamento correto da musculatura e dos ossos da face e dos dentes. Isso promove o desenvolvimento correto da fala, mastigação, respiração e deglutição. O uso de chupetas, mamadeiras ou outros bicos artificiais trará prejuízos, como explicamos aqui.

Outros benefícios da amamentação

  • Promoção do vínculo afetivo entre mãe e filho: a amamentação promove o desenvolvimento da comunicação, e faz com que o bebê sinta-se seguro e protegido.
  • Está sempre pronto e na temperatura correta
  • O colostro é rico em imunoglobinas e leucócitos, importantes células de defesa para o bebê. Também já escrevemos sobre a diferença entre os tipos de leite aqui.
  • Proteção contra o câncer de mama e de ovário da mãe
  • Evita nova gravidez: caso a mãe esteja amamentado exclusivamente até os 6 meses, a chance de engravidar neste período é reduzida. Isso porque quanto maior o número de mamadas, menor a chance de a mulher ovular.
  • Menores gastos: amamentar é de graça! Além de não ter gastos com leite, não é necessário comprar mamadeiras, esterilizadores etc.
  • Diminuição do sangramento pós parto
  • Ajuda a mãe a retornar ao peso mais rápido
  • Ajuda o útero a voltar ao tamanho normal mais rápido

 

E não para por aí…

Diariamente surgem novos estudos mostrando mais benefícios da amamentação. Por isso estamos buscando sempre atualizações e novidades para trazer as melhores informações para vocês. Caso tenha dúvidas ou dificuldades para amamentar, entrem em contato com a gente! Será um prazer enorme te ajudar!

 

Referências: Caderno da Atenção Básica, nº 23 – Ministério da Saúde (que pode ser descarregado aqui)

Organização Mundial de Saúde

Deixe um comentario